Dia 12 – Fazendo média com a idade.

Paris, domingo, 7 de Julho de 2013.

Pensei em dormir até mais tarde, mas o quarto tem muitas janelas e as cortinas não conseguem barrar o Sol que tem feito. Tudo bem! Assim dá pra aproveitar mais.

Desci sem saber direito aonde iria pra achar uma boulangerie perto, e… É claro que achei! La Gobelinaise. Pedi uma demi-baguete (uma inteira é pra mim) e um croissant.

Aprontei um café da manhã bem gostoso com a baguete, o croissant, leite, e iogurte. Adoro tomar café e acabo não conseguindo tomar direito nos dias de semana porque o meu colocataire acorda no mesmo horario que eu, etc… Ja falei disso. 😉

Um pequeno grupo combinou de se encontrar as 13h na porta do Museu de Cluny – O primeiro domingo de cada mês é o dia dos museus “gratuitos” – Decidi ir andando até o museu pela Rue Moufettard; que fica bem perto de onde estou. A manhã estava linda e o mercado cheio, mas não insuportável. O lugar é realmente uma delicia, e, de quebra, ainda passei onde Hemingway morou – 39, rue Descartes, perto da Place de Contrescarpe.

O resto do caminho era menos famoso, mas não menos interessante… As ruas que eu atravessei seguindo o caminho do “Maps” estavam vazias, e um vento quente levantava as poucas folhas do chão.

Fiquei encantada com o Museu Cluny! So não foi melhor porque a “Dame à la Licorne” está em restauração, e portanto, não está em exibição… =/ Mas tirando isso, foi um museu dos quais eu mais gostei até hoje. Bom, eu sou apaixonada pela idade média, entao não é de se estranhar!

Decidimos almoçar no quartier Latin mesmo e experimentar um dos menus de 10 euros – 3 pratos… A chance de cair num “pega-turista” era grande, mas não é que deu certo?? Comemos no L’Hostellerie de l’Oie qui Fume . Eu pedi salada de salmão defumado de entrada, frango com cogumelos de prato principal, e creme brûlée de sobremesa. Estava tudo beeem gostoso!

De lá, seguimos andando rumo ao Centro Pompidou. Pretendíamos entrar (aproveitando o domingo gratuito), mas acabamos sentando do lado de fora do museu, na rua mesmo, e assistindo a um ótimo show!

Tomamos enfim o caminho em direção ao Parque de Belleville. O parque é fofo, e estava bem cheio, mas eu achava que teríamos a vista da cidade ao nos sentarmos na grama pra comer… Não sei se em algum outro lugar do parque rola (onde estávamos não rolou), mas acho que não. De qualquer maneira, vale a visita!

Depois do Parque, todos os meus amigos de vinte e poucos anos estavam exaustos! Dei uma bela “zoada” neles e disse que as mulheres de mais de 30 tinham mais energia que todos eles juntos! 😉 Resolvemos ir encontrar as outras meninas no Canal Saint-Martin. Já passava das 21h quando, após umas 2 baldeações e muita caminhada dentro dos metrôs, chegamos ao Quai Valmy. Não encontramos as meninas, e estávamos cansados demais pra ficar procurando, então nos sentamos à beira do canal (como todas as outras “centas” pessoas) e ficamos aproveitando aquele finalzinho de Domingo. Posso dizer, sem pestanejar, que o Canal Saint-Martin já é um dos meus lugares preferidos aqui! =)

Conversa vai, conversa vem, francês pra lá, português pra cá, um pouco de inglês pra ilustrar, as meninas nos acharam. Fomos então pra frente do bar Al Fil du Vin, onde estava rolando um som brasileiro. Não duramos muito lá… Todos já estavam com as validades vencidas. Caminhamos juntos até o metrô e de lá cada um tomou o seu rumo. Amanhã é dia de começar tudo de novo…

20130711-014817.jpg

20130711-014836.jpg

20130711-014847.jpg

20130711-014855.jpg

20130711-014931.jpg

20130711-015002.jpg

20130711-015035.jpg

20130711-015103.jpg

20130711-015115.jpg

20130711-015132.jpg

20130711-015152.jpg

20130711-015201.jpg

20130711-015229.jpg

20130711-015252.jpg

20130711-015242.jpg

20130711-015306.jpg

20130711-015346.jpg

20130711-015417.jpg

20130711-015428.jpg

20130711-015445.jpg

20130711-015452.jpg

20130711-015505.jpg

20130711-015543.jpg

20130711-015553.jpg

20130711-015625.jpg

Comente!
  • Maíra

    Amei esse post! Estou AMANDO o blog!!!!